Avatar vilanismo

Maria Angélica de Andrade tinha sessenta anos. E um amante, Alexandre, de dezenove anos.
Todos sabiam que o menino se aproveitava da riqueza de Maria Angélica. Só Maria Angélica não suspeitava.
Começou assim: Alexandre era entregador de produtos farmacêuticos e tocou a campainha da casa de Maria Angélica. Esta mesma abriu a porta. E deparou-se com um jovem forte, alto, de grande beleza. Em vez de receber o remédio que encomendara e pagar o preço, perguntou-lhe, meio assustada com a própria ousadia, se não queria entrar para tomar um café.

(...)

Então – então aconteceu.
Alexandre lhe disse:
- Preciso de um milhão de cruzeiros.
- Um milhão? Espantou-se Maria Angélica.
- Sim!, respondeu irritado, um bilhão antigo!
- Mas... mas eu não tenho tanto dinheiro...
- Venda o apartamento, então, e venda o seu Mercedes, dispense o chofer.
- Mesmo assim não dava, meu amor, tenha piedade de mim!

(...)

O rapaz enfureceu-se:
- Sua velha desgraçada! sua porca, sua vagabunda! Sem um bilhão não me presto mais para as suas sem-vergonhices!

E, num ímpeto de ódio, saiu batendo a porta de casa.
Maria Angélica ficou ali de pé. Doía-lhe o corpo todo.

Depois foi devagar sentar-se no sofá da sala. Parecia uma ferida de guerra. Mas não havia Cruz Vermelha que a socorresse. Estava quieta, muda. Sem palavra nenhuma a dizer.

- Parece – pensou – parece que vai chover.


Clarice Lispector, " Mas vai chover"




On November 12 2015 at São Paulo, Brazil 137 Views




vilanismo

Favorite vilanismo

female - 15/12
302 Photos
São Paulo, São Paulo, Brazil





Tag - Chica
Loading ...