Avatar vila_dos_moinhos

Palhaço

Texto encontrado por Gustavo Fagundes....

se alguém conhecer a autoria do texto e da foto, me avisa: [email protected]

-------------------------------------
Sou palhaço, de fazer rir me orgulho
entre eu e o mundo existe um muro
a minha alma em versos distribuo
do meu tesouro inteiro eu me desfaço.

Enfeito o meu rosto com uma lágrima
que cobre a verdadeira, que é salgada
igual ao mar, que eu amo tanto
e quiçá seja feito do meu pranto.

Num rosto amigo meu olhar passeia
perguntando se por mim anseia
porque nada além do riso eu posso dar
meu coração não aprendeu a amar.

Sozinho no meu quarto encaro o espelho
tentando descobrir meu próprio anseio
um sonho que escapou, quem sabe um dia
quando eu os tinha ainda e acalentava.

Mas nada encontro e o riso se desfaz
a lágrima se oculta, seca, ineficaz
vou pela vida buscando um amanhã
que mesmo vazio, me traga a paz.

Enquanto isso, meu riso continua
meio torto, indelicado, mal feito
mas é a oferta que tenho, e é sua.
É fácil nele crer, se você crê na lua...

----------------------------------
textos e comentários... eternamente na comunidade da vila dos moinhos no orkut!

valeu Gustavo... valeu mesmo!




On April 01 2010 12 Views






Tag - Food
Loading ...