Avatar umavertigem

Meu coração palpita forte só em pensar em você, pensar que poderia está lhe abraçando agora. O desejo consome os segundos do relógio que viram os ponteiros e giram, na esperança que na próxima volta você já esteja aqui comigo. Até os lenções da cama te chamam, pedem teu corpo quente envolvido com eles. Minha alma fica inquieta querendo tomar forma e sair de mim para te encontrar, meus pensamentos fazer contra mim um complô e me atormentam com a agonia de te querer, pensar... O meu romantismo te pede um espaço pra ficar contigo naqueles abraços de casais apaixonados. O filme que você pediu já esta esperando o play, nosso espaço reservado e o tempo não passa, odeio esperar, não te ter na hora que quero, odeio pensar em você e não te materializar ao meu lado. Eu descobri a felicidade, a partir do momento que fui humilde e corajosa ao deixar você entrar na minha vida pra tomar conta do meu ser, deixei o coração sem defesa, de proposito, para saber suas intenções, pretensões. Eu queria ver que poder era esse que você tinha, se era forte, se ia conseguir me invadir e se conseguisse eu queria ver como eu iria me sair. Quem disse que eu consegui me sair? Mas quem falou que eu quis ? A partir do momento que você se aproximou eu me senti bem, tranquila, senti uma paz, a felicidade veio sem pudor, não pediu por favor, simplesmente invadiu. E eu gostei, gostei de você desde que te vi, desde que te beijei, e te provei. Você me ganhou com esse sorriso, honestidade, sinceridade, marra e carinhos. Você me prendeu, e me fez ver que, amor é o tudo, e ao mesmo tempo o nada que a gente não repara no dia-a-dia. Eu vi que amor é fugir da mãe pra te encontrar, é abrir as portas da minha casa pra te receber, e passar horas a te esperar, é aceitar seus defeitos, mas não concordar com eles, que amor é olhar pra você e ficar sem saber o que falar, não medir esforços para está contigo, é se olhar e sorrir sem motivo, é brigar por nada, é gritar um puta que pariu junto quando a situação ta preta, é fazer algo e saber que você vi ficar com tanta raiva e ciumes que vai se fechar pra você, mas fazer isso do mesmo jeito só pra ter o gostinho de depois de tudo fazer as pazes, e marcar aquele cinema só pra deitar no seu ombro, pegar na sua mão e dividir risadas nas partes mais engraçadas. É ficar louca pra dar aquele abraço que envolve os corpos e puxa o desejo, encosta seio com seio, as mãos começam a deslizar pelas costas, os beijos que testam folego e olhares de nos despem, é encostar o meu rosto no teu e compartilhar o mesmo ar pra respirar de tanto esforço que a gente inocentemente faz os pulmões fazerem, levados pela excitação, é visitar todos os cômodos da casa até chegar no cafofo, amor é ver roupas voarem, olhos virarem, mãos molhar, abrir a boca pro corpo falar em lingua de prazer... amor é deixar se entregar e aprender a receber o que o destino te trás, guarda, respeitar e cuidar pro futuro não levar, e montar assim o seu bem e teu mal, fazer que dois não seja um e um, mais que apenas um, seja o suficiente para descrever nós dois.




On November 20 2011 31 Views





Tag - Hair
Loading ...