Avatar teoria_de_viver

Sobre Pinos, Panelas e sua Pressão.

A gente nem percebe, mas mente – ou pelo menos falta com a verdade – tantas vezes por dia que de tanto isso fazer, feito aquele ditado popular, quase as transformamos em verdades.
Não que me agrade ser a personificação do pessimismo, mas sei que meus textos em sua maioria soam como se eu o fosse. E bem sei também que pra isso tenho uma explicação simples e que faz o maior sentido – ao menos pra única pessoa que ele o faria: eu mesmo.
Já devo ter usado isso em algum outro texto, mas vale a ressalva: se eu fosse uma panela de pressão, meu pino seria o papel e a caneta. Escrevo quando quero dizer algo que nem sempre sei o que é, mas mesmo assim, escrevo algo – não que eu seja aquela pessoa que na falta do que falar, fala qualquer besteira que todos ao redor prefeririam que o silêncio não houvesse sido quebrado – e esse “algo” é equivalente aquele arzinho quente que sai pelos furinhos do pino da panela de pressão – que assim como os textos, se não tivermos cuidado, nos queimamos – que impede a explosão de uma pressão que foi criada dentro de si própria. Então me vejo no mesmo dilema moral do funileiro, que precisa de carros batidos pra poder ganhar a vida, mas que se sente culpado em torcer que algum acidente aconteça.

(continua nos comentários)




On October 10 2014 at Diadema, São Paulo, Brazil 195 Views



Avatar teoria_de_viver

Teoria_de_viver On 10/10/2014

Escrevo quando preciso, quando não, vou ver TV ou fico rolando a timeline do facebook ou vou brincar com meu gato ou vou limpar o chão xadrez do meu quarto ou qualquer outra coisa dessas que me tomariam o tempo, sabe?!
Apesar de só escrever nessas condições, já tentei por muitíssimas vezes escrever coisas mais “pra cima”(?), mesmo que assim eu não estivesse me sentindo, mas afinal, qual é mesmo a vantagem de parecer forte quando se cai aos pedaços por dentro?¹ Você pode escrever coisas lindas, encadernar numa capa bonita e de repente mofar numa prateleira. Ou pode escrever coisas horrendas, encapar e ser o livro mais lido por mais de dois mil anos. Quem vai saber?!
Por isso que na maioria das vezes eu só publico aquilo que quero esquecer. Afinal, além do ego alheio, também me sinto na necessidade de as traças alimentar.

¹ Trecho de Pra Mim, Você Não, da banda Envydust.

FABRÍCIO INOCÊNCIO
https://www.facebook.com/fah.inocencio.96





Tag - Amor
Loading ...