Last photos of szanahi   Calendar Mosaic

Sunday
Monday
Tuesday
Wednesday
Thursday
Friday
Saturday
 
1
2
szanahi
3
szanahi
4
szanahi
5
szanahi
6
szanahi
 
7
szanahi
8
szanahi
9
szanahi
10
szanahi
11
szanahi
12
szanahi
13
szanahi
 
14
szanahi
15
szanahi
16
szanahi
17
szanahi
18
szanahi
19
szanahi
20
 
21
szanahi
22
szanahi
23
szanahi
24
szanahi
25
szanahi
26
szanahi
27
szanahi
 
28
29
30
31
 
2013  
 
2014  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
X
 
X
 
 
 
X
 
X
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
X
 
 
X
 
X
 
 
 
 
X
 
X
 
 
 
 
 
 
 
 
 
X
X
 
 
X
 
X
X
X
X
 
 
 
 
 
 
X
 
X
 
X
 
X
 
X
 
X
 
X
X
X
X
X
 
 
X
 
 
X
 
X
X
 
X
 
X
X
 
X
 
May
 
X
 
X
X
X
 
 
 
 
 
X
 
 
 
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
 
X
X
 
X
 
X
 
 
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
 
 
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
 
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
X
X
X
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
X
X
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
X
 
X
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
X
X
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
X
 
 
 
 
 
 
 
X
X
X
X
 
 

szanahi

Favorite szanahi

Female - single - 25/01
Member since 15/07/2013


 Flag BR Magé, Rio de Janeiro, Brazil


[Fotolog - VERSÃO 13.0] Anahí Giovanna Puente Portilla ou simplesmente Anahí nasceu no dia 14 de maio de 1983, na Cidade do México, filha de Enrique Puente e Marichelo Portilla, tem duas irmãs Diana, do primeiro casamento do seu pai e Marichelo. É cantora, atriz, compositora, empresária e estilista de moda , foi considerada uma das 10 artistas mais influentes do México em 2011, a Rainha Mexicana do Twitter e a 95° mulher mais sexy do planeta segundo a revista VIP. Começou a carreira quando tinha apenas dois anos de idade, atuando no programa Chiquilladas. Depois de lançar 4 CD’s solos e participar de diversas novelas e filmes, em 2000 foi convidada para fazer seu primeiro protagônico na TV, na novela méxicana Primer amor … A Mil Por Hora, exibida em 2003 no SBT. No final das gravações desta novela, Anahí foi internada às pressas em um hospital após sofrer uma parada cardíaca e seu coração parar por oito segundos, devido a anorexia e bulimia que enfrentava desde que gravava Mujeres engañadas. A carga de trabalho, o nervosismo e uma baixa autoestima a levaram a padecer desta grave doença, da qual se recuperou, mas contra a qual luta diariamente para não recair, já que sabe que a vida não lhe daria outra oportunidade. Somente em 2004 ganhou fama mundial, ao participar da novela mexicana Rebelde interpretando Mia Colucci, exibida em 2005 também pelo SBT. Com a novela, surgiu a banda RBD, onde eles conseguiram diversos discos de platina e de ouro e realizaram turnês em vários lugares do mundo, sendo um dos acontecimentos mais importantes da música mexicana das últimas décadas, onde chegaram a receber duas indicações ao GRAMMY Latino e ganharam vários prêmios, entre eles Premios Juventud, Billboard Latin Music Awards, Prêmios Lo Nuestro e outros. Eles conheceram mais de 23 países, cantaram em mais de 116 cidades, venderam mais de 15 milhões de discos, 4 milhões de DVD’s, além dos 17 milhões de downloads na Intrernet. Em 15 de agosto de 2008 o grupo anunciou a separação e realizou uma turnê de despedida, que foi concluida em 21 de dezembro de 2008 em Madri, na Espanha. Com o fim do grupo, Anahí retornou a carreira solo. Lançado em 24 de novembro de 2009, o seu quinto álbum, Mi Delirio, ficou oito semanas no Mexican Albuns Chart e nos Estados Unidos debutou em #4 no Billboard Top Latin Albuns e em #2 no Latin Pop Albuns, ficando 4 semanas no topo. No final de 2009, ela embarcou na sua primeira turnê mundial, a Mi Delirio World Tour que segundo a Billboard, foi a 7ª turnê mais lucrativa do primeiro trimestre de 2010. Em novembro de 2010, lançou a reedição de seu álbum solo Mi Delirio, que contém faixas inéditas escritas por ela e um texto especial do escritor brasileiro Paulo Coelho. Após ter composto junto com Mario Sandoval o tema Aleph, a pedido do escritor para acompanhar o lançamento do seu novo livro, a canção entrou para o CD. Além da participação do brasileiro, Anahí incluiu no álbum, três versões da música Alergico, uma somente com sua voz, que foi o single oficial, uma em português com o vocalista da banda Hevo84, Renne Fernandes e outra com Noel Schajris. O albúm debutou em #14 no México ficando sete semanas no Top 100. A canção Alergico foi a segunda canção mais tocada no México durante onze semanas e foi número 1 no iTunes México, sendo assim, o single de maior sucesso desde albúm. Pobre Tu Alma seria o último single do álbum, porém, por motivos desconhecidos a canção não virou single. O álbum, Mi Delirio, conseguiu um total de cinco indicações ao Prêmios Juventud e três ao “Orgulhosamente Latino”, ganhando em Cancíon Latina Del Ano com Me Hipnotizas. Além de ganhar uma versão Deluxe,[23] o álbum rendeu um disco de ouro[24] por mais de 20.000 cópias vendidas no Brasil, sendo a segunda mexicana a conquistar esse marco. A primeira foi Thalía, com En Éxtasis em 1997. Entre 2011 e 2012, Anahí protagonizou a novela mexicana Dos Hogares, onde fez o personagem Angélica Estrada, que foi um sucesso de crítica, apesar de alguns em seu país falarem que a novela teve baixa audiência. Despos de ter protagonizado a novela, a mexicana resolveu tirar umas férias e dar uma pausa na preparação de seu novo disco para se dedicar um pouco a sua vida pessoal e ao seu relacionamento com o político Manuel Velasco. Em 27 anos de carreira são mais de 3 milhões de CDs, 5 álbuns solos, 15 telenovelas, 10 séries, 8 filmes, 5 peças de teatros, 200 comerciais e inúmeros prêmios como cantora e atriz. Atualmente, Anahí lançou o seu novo single, Absurda, que em breve terá o seu videoclipe. Crédito: anahi-br.com




Tag - Brasil
Loading ...