Avatar silvie_celestinn

"Viva eu, Viva tu, Viva o Rabo do Tatu!"

A primavera chegou hoje... E você se foi com o Inverno.
Você me ensinou muitas coisas durante o pouco tempo em que estivemos juntos.
Com você eu aprendi a poupar dinheiro.
Aprendi a importância de dizer a verdade. Aprendi a pôr as coisas em seus devidos lugares. Aprendi que devo amar cada ser, coisa, animal ou pessoa pelo que ela é. Com você eu aprendi a ser boa.
Você me ensinou a gostar de Arquivo X e agora, ninguém mais conseguirá entender a beleza, a graça e a inteligência da frase “Se eu atirar nele é assassinato ou suicídio?”.
Foi você que me ensinou a ser vegetariana, e que vivia falando “das vitamina” das frutas e dos legumes. Me ensinou a amar e respeitar os animais.
Você compreendia a beleza de um rato orelhudo com olhos azuis e que desafinava em italiano, língua que você me ensinou a amar e sei que você se orgulharia em saber que agora a estou aprendendo (e que sou a melhor da turma).
Ninguém mais vai entender o real sentido de PEPEC!
Você me levou ao meu primeiro evento de anime e mangá, e incentivou os meus cosplays e a dublagem (e com certeza se orgulharia em saber que estou voltando aos estúdios).
Ouvir a briga entre Automatix e Ordenalfabetix dizendo que “O peixe não é fresco!” não vai ser a mesma coisa.
Você me deu o meu primeiro livro e brigou comigo quando eu não tive idéias boas o suficiente para escrever uma porcaria de redação.
Era você que insistia que eu estudasse incansavelmente, mas a minha preguiça me mandava fazer o contrário.
Me mostrou o conforto de uma bela rede e iluminou o caminho quando eu estava na base dos pêlos de um coelho branco.
Comer pamonha e curau agora não será mais a mesma coisa... E eu nunca mais conseguirei ir ao Rancho da Pamonha. Aquele lugar não terá a mesma mágica de antes.
Você se afogou em seu orgulho e sua teimosia. E eu acho que herdei um pouco disso, afinal, eu sou metade você.
Nós perdemos contato com o tempo, é verdade.
Eu senti raiva, é verdade.
Você tinha os seus princípios e crenças, é verdade.
Você nunca ligou muito pra esta família, é verdade.
Você fez muita coisa ruim, é verdade. Mas amor familiar é uma coisa incondicional, não importa o quanto eu sinta um ódio profundo e fulminante por você, as lembranças boas conseguem cobrir tudo com açúcar e me fazer esquecer o quanto você era completamente idiota.
E agora é tudo muito estranho, pois num minuto você está aqui, e no minuto seguinte não está mais. E você não sabe o quanto isso me irrita, pois é muito típico de você.
Apesar de não ter culpa nesse caso.
E não é justo, porque você foi ausente e não ligava para os outros, só para mim. E eu me sentia horrível.
Você não me ligou. Eu não te liguei. Não te mandei mensagem de aniversário, nem no dia dos pais. E eu não sabia o que fazer.
Eu nunca mais vou ouvir você me chamar de “Bubu” e dói profundamente saber disso, você não faz idéia.
Você nunca mais vai me contar a história do Lobo Bom, e eu nunca mais vou brigar com você, dizendo que era Lobo Mau.
Eu não consegui mandar o livro que você queria tanto ler.
Eu sei que agora você está em um lugar melhor, iluminado e não está mais com dor.
Eu vou sentir a sua falta...
E eu vou amar você incondicionalmente! Para sempre e depois disso.
Descanse, Papai. Você fez o melhor que pôde.




On September 23 2011 13 Views



Avatar acalmaaalma

Acalmaaalma On 27/09/2011

Silvie! Que lindo isso que você escreveu! Estou passando por uma situaçao parecida, tenho dois vovôzinhos muito doentes no hospital, me identifiquei muito com o texto! Me emocionei de verdade!





1 Favorites Groups »

  • desktop

    Desktop

    - This grouplog is destined to improve and show your desktop, show us all your operational systems, Windows, MAC OSX, Linux, FreeBSD, all of them are welcome! - Fotolog para apresentar-nos a area de trabalho de seu computador, mostre-nos seus diferenciados sistemas, Windows, MAC OSX,Linux, FreeBSD, todos sistemas operacionais e temas são bem vindos.




Tag - Avril-lavigne
Loading ...