Avatar rocha_rangel

UMA LINDA HOMENAGEM DE UM GRANDE AMIGO E COLEGA ! !

Informações da Foto: Eu(Ju Rangel) e Juliano Rigatti após a formatura. Sucesso meu bruxo. Te admiro muito e te desejo uma brilhante carreira jornalística.


Na semana da minha formatura me reuni com os demais colegas formandos para uma janta. Foi ótimo, pois pude curtir mais a galera. Claro que entre eles tem alguns que se destacam em meu coração. Amigos que conquistei ao longo dos anos, ou ainda aqueles que mesmo não tendo muito contato, acabam despertando gratuitamente uma admiração, um carinho muito grande. É o caso do meu xará Juliano Rigatti.

Nunca fomos amigões do peito, mas sempre gostei dele. Um cara gente boa que transmite confiança e simpatia pelo olhar e sorriso sincero. Conversávamos de vez em quando. E em uma destas conversas fiquei sabendo que nos formaríamos juntos, o que me deixou bem faceiro. Só que vi que ele iria se atrapalhar pelo esquema das cadeiras e dei umas sugestões pra ele. Ele viu que era uma boa e deu certo. Até hoje ele sempre falou que era graças a mim que ele estava se formando.

Bom, no dia da janta sentei pra papear com ele, quando ele me disse que havia escrito uma crônica sobre esta nossa conversa. A crônica foi publicada no blog do David Coimbra (te mete!). Eu li e me emocionei. Fiquei honrado por ganhar uma crônica de um amigo e colega tão querido quanto o Juliano Rigatti. Fiquei muito feliz mesmo. E por isso hoje publico aqui o texto dele, aproveitando o clima de formatura que ainda reina em minha vida. Valeu meu bruxo. Te desejo toda felicidade do mundo. E claro, muito sucesso na carreira. Tenho certeza que tu vai longe. Pode contar comigo e muito obrigado por esta linda homenagem. Um forte abraço.

Juliano Rangel

Ps. Ele alterou o nome para preservação da minha imagem, rsrsrs.


O sorriso do Jeison

Só pra ver como a vida é feita de detalhes. E de bons conselhos. Depois de sete anos e meio e de muitos passos dados, março próximo é o mês da minha formatura em Jornalismo. Em São Leopoldo, Rio Grande do Sul. Formatura essa que começou a acontecer mais ou menos um ano atrás.
Era uma noite quente de fevereiro. O nome do cara é Jeison. Falar do cara é falar do sorriso do cara. É sério. Ele é do tipo simpático, sabe? Cumprimenta todos, e a todos mostra seu sorriso. Sorriso alegre, cheio de dentes brancos, espontâneo. De quem gosta da vida. O que mudava sempre era o cabelo do Jeison. Nuns semestres, bem curto. Noutros, comprido. Até lembrava um samurai.
Eu já conhecia o Jeison de outras cadeiras lá da Unisinos. Isso porque nunca se estuda sempre com os mesmos. Cursamos duas disciplinas juntos? Três? Se muito. Jeison e eu só éramos próximos na lista da chamada. Não fomos nunca amigos. Sempre que os professores o chamavam, pouco antes de mim, eu já o tinha visto: sorriso largo, falando com outros ao redor, lá estava o Jeison, o cara que seria decisivo pra minha formatura.
Como quase sempre, naquele dia o caminho pelo qual atravessava a região metropolitana de Porto Alegre tinha sido longo demais. Eu estava atrasado pra aula. Saía sempre às 18h30min do trabalho e quase nunca chegava a tempo pra aula. Atrasado e esgotado. O dia em frente ao computador e o trem lotado acabavam com minha disposição.
Procurei no celular a anotação do local onde ficava a sala da aula daquele dia. Sala cheia e porta fechada. Saco. Atrairia a atenção de todos. Uma merda prum tímido como eu. Mas uma merda necessária. Abri a porta. Olhinhos todos vieram em minha direção. Escureceu-se quase tudo. Tinha uma cadeira vaga, iluminada. Sentei e tudo clareou. Ao meu lado, o Jeison. E ele foi logo sorrindo quando sentei e disse a ele opa, beleza? Beleza, ele respondeu. Sorrindo.
A aula ia chata quando Jeison puxou assunto.
— E aí, que cadeiras mais tá fazendo?
— Essa e mais três. Nunca mais. Três é o meu limite.
— Bah, pior. Pra mim também — e sorriu. — Te forma quando?
— Sem ser no próximo, no outro. 2007... — pensei. — 2007 dois — disse eu.
— Bah, legal, eu também — sorriu o Jeison. — Já tá fazendo o Projeto?
— Não, não. Vou deixar pra fazer só o Projeto e o TCC no último. Muita coisa pra agora.
— Ahn...
Pela primeira vez, o sorriso sumiu da cara do Jeison, que disparou:
— Mas,cara, tem que fazer o Projeto antes. Senão não dá. Tem que ser antes.
— Mas, não... sério? Por quê? Agora nem dá... nem tenho mais dias livres. E nem grana.
— Troca por essa de hoje, ué — resolveu o Jeison. — Faz essa depois.
— Será? — franzi a testa toda.
— Claro, cara. Olha, tem que fazer o Projeto agora pra poder te formar em 2007 dois. É sério.
Vi pelo semblante do Jeison que era sério.
— Bah, vou lá na Central agora. Será q tem vaga ainda? — consultei o Jeison.
— Vai logo, meu.
— Cara, tu salvou minha formatura — brinquei, levantando.
Até hoje, sempre que vejo o Jeison agradeço pelo toque e digo, às brincas, que ele salvou minha formatura. A última dessas foi no dia em que a turma tirou as fotos para o convite. Lá na Unisinos. O Jeison, sabe o que o Jeison fez? Só sorriu.
Juliano Rigatti




On March 08 2008 1 Views



Avatar tata_buhler

Tata_buhler On 09/03/2008

:D:D:D

Não escrevi no grupo, não me manifestei em scrap...

O sorriso é algo receptivo e isso não é segredo para ninguém, né? Adoro isso em vc...pois sempre que te vejo, sou recebida com um sorrisão teu. Talvez isso seja um dos muitos motivos por gostar tanto de ti. Do carinho que vc tem pelos amigos, pelos colegas, enfim.

Bjokas compadre!




rocha_rangel

Favorite rocha_rangel

male - 03/03/1984 (33 years old)
899 Photos
Sao Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brazil





Tag - Graffiti
Loading ...