Avatar nelmachristina

PURIM - A FESTA DA ALEGRIA

Em virtude da denúncia de uma conspiração, Mordechai chegara a gozar da intimidade do rei, conquistando para si, assim, a inimizade e a inveja do primeiro ministro Haman, ódio que aumentava ao ver que o mesmo não se curvava para ele.

Para desfazer-se do judeu que detestava, não achou Haman melhor meio que o de despertar no rei a desconfiança contra "esse povo espalhado e dividido entre todos os povos, cujas leis são diferentes das dos demais....."(Meguilat Esther 3:8) e obteve a autorização para fazer exterminar todos os judeus do reino num dia que se escolheria por sorte e que veio a ser 13 de Adar - 9 de março. Foi quando a intervenção de Esther salvou seu povo. Induzida por Mordechai revelou ao rei sua condição de judia e conseguiu um novo decreto real deliberando que os judeus deveriam lutar por suas vidas e bens contra qualquer agressão perpetrada contra eles em decorrência do edito anterior.

Purim tem seu nome da palavra Pur, que significa sorte, pois que por sorteio escolhera Haman o dia em que se haviam de cumprir seus sinistros desejos.

É importante conhecer alguns preceitos em Purim:

Meguilat Esther - Deve-se ouvir a leitura da Meguilat Esther, na qual consta a história de Purim. O Talmud nos ensina a seguinte regra: As profecias que serão necessárias para as gerações futuras foram escritas e as que não serão necessárias não foram escritas. Isto significa que de todas as profecias e acontecimentos com nossos antepassados, somente foram escritos no Tanach (Bíblia completa) aqueles que têm algo a nos ensinar. A Meguilat Esther faz parte do Tanach e, portanto, contém ensinamentos para todas as gerações. É lida durante o Arvit de Purim e no Shachrit pela manhã.

Mishloach Manot - É o envio de alimentos. No dia de Purim, entre o nascer e o pôr-do-sol, devemos enviar pelo menos dois alimentos a um amigo, símbolo da irmandade e amizade entre os judeus. Os comestíveis devem ser de categorias diferentes de berachôt (bênçãos), um bolo e uma fruta, por exemplo.

Matanot Laevyonim - Em Purim lembramo-nos dos pobres e necessitados com mais generosidade que em outros dias, oferecendo-lhes presentes e donativos. É o que chamamos de matanot laevyonim, presentes aos necessitados. É melhor dar dinheiro ou comida. Maimônides diz que não existe maior felicidade que aquela dealegrar o coração dos pobres.

Seudat Purim - É a refeição festiva que fazemos no dia de Purim, entre o nascer e o pôr-do-sol. Normalmente costuma-se iniciar a Seudat Purim no final do dia, estendendo-se noite adentro. A palavra festa é a chave de toda a história de Purim. As comemorações nos ensinam que, além da oração e do jejum, com o que se acredita geralmente estar servindo a D´us, podemos também servir ao Criador com simchá - alegria. Os alimentos e as bebidas habituais também podem ser elevados a um nível especial.

Jejum de Esther - Tal qual nos relata a Meguilat Esther, no dia em que o povo de Israel deveria ser aniquilado pelos seus inimigos, isto é, em 13 de Adar, os judeus conseguiram sua salvação vencendo o adversário. Este 13 de Adar foi declarado então como sendo um dia de jejum, em memória da petição que a rainha Esther fez ao povo, para que jejuassem e suplicassem a D´us pela anulação da malvada sentença de Haman. Este jejum em geral vai da aurora ao pôr-do-sol; há os que sóterminam após ouvir a leitura da Meguilat.

Apesar da vitória, jejuamos para que a cada ano, através das gerações, recordemos que nossos inimigos continuam à nossa espreita. Apesar de termos vencido naquela e em outras ocasiões, não temos assegurada a vitória em combates vindouros. É por isso que a alegria de Purim não pode ser completa e deve ser precedida por um dia de jejum, de reflexão e de aflição, pois somente por meio de nossas boas ações e do nosso arrependimento sincero conseguiremos vencer sempre os nossos inimigos.

Presentes às crianças - Elas esperam ansiosamente este dia; devem ser estimuladas cada vez mais da importância e significado de Purim. Seja generoso, valem todos os presentes, especialmente "maôt"- dinheiro.

Shushan Purim - Devido ao fato de a cidade de Shushan (a capital persa) ter celebrado Purim no dia 15 de Adar, as cidades que, como Shushan, estavam cercadas de muralhas desde os dias de Josué, deveriam celebrar Purim um dia mais tarde. Este dia é agora denominado Shushan Purim.

Festejos de Purim - É um costume muito difundido nas comunidades judaicas realizar desfiles e celebrações do tipo carnavalesco e festas em Purim. O uso de fantasias e todos os tipos de folguedos, divertimentos e máscaras, especialmente por crianças, são formas muito populares nesta festividade. As máscaras têm sua origem na França tendo se estendido para outros países inclusive Israel. Já é tradicional a eleição da Rainha Esther entre as jovens presentes aos festejos.


--------------------------------------------------------------------------------
FONTE: CIAM-COMITÊ ISRAELITA DO AMAZONAS




On March 02 2010 47 Views




2 Favorites Groups »

  • your_city

    Your_city

    Show us the dark sides. Show us the glorious attractions. Show us the day-to-day life. Show us the rare events. Show us Your City!. We would like to know it! - Mostre-nos o lado sórdido e o lado glorioso do lugar onde você mora! Mostre-nos o dia-a-dia e os eventos raros! Mostre-nos Sua Cidade! - Muéstranos las gloriosas atracciones. Muéstranos el día a día. Muéstranos los eventos raros. Muéstranos tu ciudad!, nos encantaría conocerla.


  • _clouds_

    _clouds_

    This is a group fotolog about clouds -- as the name suggests. ;)
    Hope you`ll be back and post YOUR OWN pictures of NATURAL clouds of all kinds here.


    Éste es un fotolog grupal sobre nubes - como lo dice el nombre ;)
    Sube TUS PROPIAS fotos de nubes NATURALES de cualquier tipo aquí.




Tag - Vintage
Loading ...