Avatar mcjc

DAHLIA - UMA FLOR JÁ CULTIVADA NO IMPÉRIO ASTECA

Dahlia

Dahlia, nome comum dália, é um género botânico pertencente à família Asteraceae. É uma herbácea de porte médio, perene. Quando adulta, a planta chega a atingir até 1,50 m.

É originária do México, onde é muito popular. Os índios daquela região foram os primeiros a cultivar dálias, ainda no período do império Asteca. Por volta do final do século XVIII, o diretor do Jardim Botânico de Madri encantou-se com a flor, durante uma visita ao México.

Foi o suficiente para que a dália atravessasse o oceano e chegasse à Europa, onde se adaptou muito bem ao clima temperado.

Foi o botânico sueco A. Dahl, responsável pela expansão das dálias pela região nórdica da Europa, que inspirou o nome da flor. Os holandeses e os franceses foram os maiores incentivadores do cultivo e da produção de inúmeras espécies híbridas de dálias. Foi a imigração holandesa que contribuiu muito para a propagação desta flor no Brasil.

A dália é uma planta que sofreu grande melhoramento e muitos cruzamentos, possibilitando a disponibilização de um grande número de variedades, com portes diferentes, e principalmente com capítulos florais de cores e formas muito variadas, simples ou dobrados.

Suas folhas são compostas e podem se verdes ou arroxeadas.

Hoje, graças ao surgimento de vários híbridos, podemos encontrar diversos tipos de dálias, o que resulta numa grande variedade de formas (pompom, bola, decorativa, etc.) e cores (branca, alaranjada, vermelha, amarela, pink). São mais de três mil variedades resultantes de cruzamentos com outras espécies, como os crisântemos, por exemplo.

Produz raízes com grandes reservas, que podem ser guardadas no inverno para replantio na primavera. Podem compor belos maciços e bordaduras no jardim, conferindo-lhes certa sofisticação. A floração ocorre no verão.

Devem ser cultivadas a pleno sol, em solo composto de terra de jardim e terra vegetal, com regas regulares. Tolerante ao frio, porém não tolera ventos. Multiplica-se por sementes, estaquia e pela divisão das raízes tuberosas.

• Reprodução: por meio de sementes, estaquia das pontas dos ramos ou divisão das raízes tuberosas; sendo que esta última permite a propagação de um exemplar com características idênticas às da planta-mãe.

• Substrato ideal para o plantio: 2 partes de terra comum, 2 partes de terra vegetal e 1 parte de areia

• Clima ideal: ameno

• Luminosidade: Em locais de clima frio, precisa de no mínimo 4 horas de sol pleno; já em clima quente, recomenda-se o cultivo à meia-sombra

• Regas: manter o solo sempre úmido, sem encharcar

• Floração: produz flores isoladas na primavera e no verão, em várias cores

• Cuidados: necessita de proteção contra ventos e adubação orgânica a cada três meses





On November 17 2010 1103 Views



Avatar icaraima

Icaraima On 23/02/2013

Angá!

muito belas... as dálias são lindas, mas aqui é difícil encontrar. Já vi jardins cheios delas, de vários tons e cores, praças cheias , dava gosto apreciar enquanto conversávamos sentados nos bancos ao seu redor; hoje não encontramos nem para comprar em floriculturas..

Enecoema (bom dia!




mcjc

Favorite mcjc

male - 30/01/1951 (65 years old)
824 Photos
Seropedica, Rio de Janeiro, Brazil




1 Favorites Groups »

  • autosytransporte

    Autosytransporte


    • ES: Este grupo está dedicado al mundo de los AUTOMÓVILES & TRANSPORTE, está pensado para que puedan subir fotos con respecto a ese tema. Grupo de Automóviles & Transporte.

    • EN: This group, is devoted to the world of CARS, VEHICLES & TRANSPORTATION, has been designed to upload photos. Cars, Vehicles & Transportation Group.

    • PO: Este grupo, é dedicado ao mundo das VEÍCULOS & CONDUÇÃO. Veículos & Condução Grupo.

    + Vehículos y Motos en http://www.Tuneadas.com




Tag - Brasil
Loading ...