Avatar janetezinha

Para mim? Eras inexplicável, és!
Sempre foste um achado, talvez até um milagre no meio de tanta desgraça.
Vivias de mim, vivia de ti.
Chorava por ti, choravas por mim!
Sorria, sorrias.
9 Longos e curtos meses.
Agora?
O que resta de nós agora?! Choros, lágrimas, nem de orgulho, nem de cumplicidade,
…de inseguranças, medos, ciúmes…tantos mais.
Não consigo lutar mais, limito-me a aguentar isto como se me tentassem atirar para um abismo e tentar a todo o custo resistir.
Até ao dia que parar de resistir e preferir morrer, aí será
tarde para mim e para ti.
Repugnante este sentimento de impotência.




On September 23 2010 2 Views






Tag - Art
Loading ...