Avatar pseudokane3_5

O MELHOR DISCO DE 2014, ATÉ AGORA!

Acordei triste hoje. Na verdade, talvez eu tenha adormecido triste, tive uma madrugada intranqüila, e despertei coerente com os sentimentos anteriores. No domingo, vi apenas filmes hollywoodianos desagradáveis, sendo o menos insuportável “Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança” (2011, de Mark Neveldine & Brian Taylor). Imagina o meu estado de humor depois disso!

A fim de me consolar, interagi comum vizinho: passei a noite conversando com sua esposa, sobre os princípios elementares da Segurança do Trabalho. Em minha mente, reverberava os acordes do ótimo disco que ouvi pela manhã, o exótico “O Alumbramento de um Guará Negro Numa Noite Escura” (2014), do mineiro Bernardo Puhler.

O disco é composto por doze faixas taciturnas, que evocam desde a situação titular (a noite em que um lobo-guará preto foi visto pelos habitantes de uma cidade do Norte do Estado de Minas gerais) até um diálogo com a segunda esposa do escritor Guimarães Rosa, passando por reflexões sobre o uso de ansiolíticos e canções bucólicas de amor rural. Fiquei apaixonado pelo que ouvi, mesmo que a sonoridade do álbum não seja das mais fáceis, exigindo um mínimo de aptidão para o regionalismo mineiro, o que o faz assemelhar-se deveras às canções antológicas do grupo Clube da Esquina. Em minha opinião, este é o melhor disco deste ano, até então!

Recomendo-o com o coração aberto.
WPC>


música cinema cotidiano tristeza diálogoenfrentamento amizade

On September 01 2014 at Sergipe, Brazil 11 Views





Tag - Style
Loading ...