Avatar pingos_deluz

Oração da semana, para não perder o rumo da prosa

*



A Oração de Thomas Merton




Senhor Deus,
Não tenho a menor idéia de para onde estou indo,
Não enxergo o caminho à minha frente,
Não sei ao certo onde irá dar esse caminho.

Também não conheço verdadeiramente a mim mesmo,
E o fato de que penso que estou seguindo a Tua vontade
Não significa que realmente esteja seguindo a Tua vontade.

Mas acredito que o meu desejo de Te agradar
Realmente Te agrada.
E espero ter esse desejo em tudo o que fizer,
Espero nunca me afastar desse desejo.
Sei que, se assim o fizer,
Tu me guiaras pelo caminho correto
Embora eu possa nem saber que o estou trilhando.

Assim, confiarei sempre em Ti
Embora eu pareça estar perdido
E caminhando na sombra da morte.
E não temerei, porque Tu estás sempre comigo
E nunca deixarás que eu enfrente os perigos sozinho.



*




On April 27 2014 at Bahia, Brazil 20 Views



Avatar ju_unhas_decor

Ju_unhas_decor On 28/04/2014

ola miga, voltei rs

como vc esta?


linda ft!

boa semana!!!

bjusssss


Avatar debalves

Debalves On 28/04/2014

Que linda oração! Acho que fala o que vai ao coração...
Beijos!


Avatar 7_flordemanaca

7_flordemanaca On 28/04/2014

*

e toda , qualquer oração dever ser assim - falar o que o coração sente -

obrigada pela presença


*


Avatar 7_flordmanaca

7_flordmanaca On 27/04/2014

.

*




Muito parecida com teu jeito de orar mesmo...



*


Avatar pingos_deluz

Pingos_deluz On 27/04/2014

*

*


Autor da conhecida frase "NENHUM HOMEM É UMA ILHA" o conheci melhor agora, consultando o GOO.

Essa oração acima fala com Deus muito do que eu gostaria de dizer , do meu jeito franco e direto. Agora está dita, porque assim sou e tenho colecionado pessoas que se afastam simplesmente por ter lido (ouvido) algo que não o agradou, embora verdade.



*

*


Avatar pingos_deluz

Pingos_deluz On 27/04/2014

*
Algumas de suas obras:


(1944) - Thirty Poems
(1948) - The Seven Storey Mountain
(1949) - Seeds of Contemplation; The Tears of the Blind Lions; The Waters of Siloe
(1953) - The Sign of Jonas
(1957) - The Silent Life; The Strange Islands
(1962) - New Seeds of Contemplation
(1964) - Seeds of Destruction
(1965) - Gandhi on Non-Violence; The Way of Chuang Tzu; Seasons of Celebration
(1967) - Mystics and Zen Masters
(1976) - Ishi Means Man
(1977) - The Monastic Journey; the Collected Poems of Thomas Merton


Avatar pingos_deluz

Pingos_deluz On 27/04/2014

*
O continuado interesse por Merton, sua vida e suas ideias, levou à fundação, em 10 de dezembro de 1996, da Sociedade dos Amigos Fraternos de Thomas Merton - SAFTM.
Merton foi um correspondente prolífico, tendo escrito milhares de cartas a diferentes pessoas em todo o mundo, estabelecendo um diálogo sobre temas de mútuo interesse com os seus correspondentes como também respondendo fraternalmente a consultas e agradecendo elogios de seus leitores. Suas cartas são dirigidas e recebidas de intelectuais e de pessoas comuns. De dignitários da Igreja a singelas monjas em localidades pobres e remotas.


*


Avatar pingos_deluz

Pingos_deluz On 27/04/2014

A história sobre o início de uma relação de trabalho e de uma amizade é contada no livro Thomas Merton: o homem feliz, pela Ir. Maria Emmanuel. Ao longo de 13 anos trocaram mais de uma centena de cartas, cartões postais, "santinhos" e livros. Parte das cartas de Merton enviadas à Ir. Maria Emmanuel estão registradas no livro The Hidden Ground of Love: Letters on Religious Experience and Social Concerns (Letters, I).
Merton se correspondeu com outros brasileiros como Alceu Amoroso Lima, Dom Hélder Câmara, abades beneditinos, religiosas e religiosos e simples leitores, ao longo de sua vida. Ele também se interessava por vários autores brasileiros - em especial pelos poetas Manuel Bandeira e Jorge de Lima



*


Avatar pingos_deluz

Pingos_deluz On 27/04/2014

No Brasil Thomas Merton tinha vários amigos e publicou um grande número de livros. Muitas são as pessoas, leigas ou religiosas, que atribuem às leituras de seus livros como marcos importantes para suas vidas espirituais. Foram lançados mais de 40 livros em português, graças ao envolvimento de intelectuais – como Alceu Amoroso Lima – e de monjas e monges beneditinos – como Dom Basílio Penido, Dom Timóteo Amoroso Anastácio, Dom Estêvão Bettencourt e, principalmente, da irmã Maria Emmanuel de Souza e Silva.






Tag - Avril-lavigne
Loading ...