Avatar flahdyp

Quanto tempo demora-se para esquecer alguém?

É isso. Quanto tempo demora para isso tudo passar? E como é que a gente sabe que, afinal, passou? Já faz um ano. Às vezes penso que passou, e às vezes, me pego esperando que você entre em contato. É perturbador. Ao mesmo tempo que quero tanto deixar tudo pra lá, fico me agarrando a esperanças inexistentes e a lembranças bonitas. Uma parte de nós era linda, e dela, eu tenho saudades. Lembrar dessa parte também me faz temer se algum dia me sentirei assim novamente. Outra parte de nós era triste, magoada, raivosa. E dessa parte, eu quero distância. Mas sempre me perco tentando entender suas aproximações, seguidas do seu afastamento. Eu penso sempre que é puro egoísmo, e quase sempre, confirmo que você não goste mais nenhum pouco de mim. Mas por algum motivo, você gosta de se fazer presente. Aí eu penso que tudo isso já faz um ano, e que neste tempo todo, você nunca, de fato, se arrependeu. E da mesma forma, penso que, para acreditar que você se arrependeu precisaria de grandes ações suas, quando na verdade, a coisa é tão mais complicada. Talvez em algum momento você tenha pensando em voltar, mas é tão difícil saber se isso seria certo.




On August 20 2014 at São Paulo, Brazil 11 Views



Avatar flahdyp

Flahdyp On 19/08/2014

Então eu penso, "porque fico cultivando dentro de mim uma história que já acabou?". Não faz sentido. Eu devia, assim como você, se quer lembrar que você existe. Eu já não choro mais, mas meu coração ainda se aperta se penso que você pode se apaixonar por outra pessoa. Não sei explicar. Talvez seja só meu ego não aceitando ainda que você realmente não goste de mim. Não queria mais sentir essas coisas. Às vezes acho que sou eu que procuro por esses sentimentos, e depois penso que eles vem naturalmente. Eu queria que eles se fossem naturalmente, queria que tudo isso ficasse pra trás naturalmente. Acho que meu estilo de vida atrasou tudo isso, enquanto o seu, obviamente, te ajudou. Eu acho que nossos papéis até podem se inverter, eventualmente, mas fico com receio de ficar sempre presa nessa história e ter que te ver seguindo em frente. Hoje já me sinto especialmente frustrada por ainda lembrar, ainda gastar meu tempo pensando e escrevendo sobre essas coisas. Eu tenho só que aceitar e seguir em frente, mesmo que seja sozinha. Deixar a vida se encaixar, focar em outras coisas, não só no fato de levar uma vida mais solitária. Também, não devo te achar um criminoso por você simplesmente seguir sua vida. É justo. Aliás, é o certo. E eu farei a mesma coisa.





Tag - Music
Loading ...