Avatar dedsniraz

ll.ifer.

.ela pede que eu fale, eu falo:
o diabo encontrou 1 maneira inteligente adentrar neste jovem, lutando por intoxicação provocada pela dádiva de bebidas até voltar ao seu quarto na busca por apaziguar demônios internos, no chão do banheiro, olhando para 1 espelho meio rachado meio sujo esperando que não pareça meio rachado meio sujo do que seu reflexo de sua alma.
as promessas que ele fez para si mesmo parecem ser as mais difíceis de manter, sabendo que ele sobreviveu a última tempestade já não era o suficiente para dormir em paz.
copos de vinhos vazios, madrugadas simbólicas, com espírito faminto pela memória de algum tipo de legado que não seja sua ocupação, a carga debaixo de seus olhos profundos dentro de suas descompensadas mentiras e tudo o que ele viu quando olhou para os céus era pesar.
ele era a reminiscência daqueles momentos em que iria olhar para fotos de infância e dizer: "como essa criança cresceu e tornou-se isso?"
vê fotos de seu belo pai em sua juventude, invejoso daquele sorriso que ela tinha quando tinha vinte e sete, deseja que poderia dizer o mesmo para de si, mas vive em 1 auto-perpetuo inferno.
ele tomou as manchas literais e cicatrizes passionais e transformou-as num dreno emocional.

as vezes o perdão é ser colocado no lugar de alguém para realmente crescer a partir destas emoções negativas e do uso construtivo da dor.




On September 24 2016 at São Paulo, Brazil 156 Views





1 Favorites Groups »



Tag - Brasil
Loading ...