Avatar cinelvernek

Zacarias

Mauro Faccio Gonçalves, conhecido popularmente como Zacarias (Sete Lagoas, MG, 18 de janeiro de 1934 — Rio de Janeiro, 18 de março de 1990) foi um humorista brasileiro. Ficou conhecido do grande público pelo seu trabalho no grupo Os Trapalhões.

Desde pequeno, gostava de música e de teatro. Na juventude pensou em ser arquiteto, mas dificuldades financeiras o impediram de iniciar o curso. Seu primeiro emprego foi numa fabrica de café, onde seu pai já trabalhava.

Para não ficar parado nas horas vagas, Mauro começou a trabalhar no rádio, num programa humorístico chamado "Em Babozal Era Assim". Através do humor, logo tornou-se conhecido por uma característica marcante: a incrível habilidade de trocar de vozes, criando vários tipos completamente diferentes, e imitar animais com rara perfeição. Logo veio o reconhecimento: já conhecido como Zacarias, Mauro Gonçalves foi considerado o melhor comediante do rádio de 1960 a 1963 em Belo Horizonte.

Apesar da timidez - que inicialmente o impedia de trabalhar na televisão - Mauro estreou em um programa de calouros na TV Excelsior, em 1963, onde criou 5 tipos diferentes, com enorme sucesso. Mais tarde foi para a TV Tupi, onde finalmente encontrou "Os Trapalhões": Didi, Dedé e Mussum, completando assim a formação do quarteto em 1975. Além do personagem Zacarias, Mauro Gonçalves também era a voz que interagia com o personagem Aparício, interpretado por Renato Aragão. Além dos sucessos com o "Os Trapalhões" Mauro fez um filme com Roberto Machado, "Deu A Louca Nas Mulheres". Em 1970, foi premiado pela sua interpretação na peça "A Dama do Camarote". Permaneceu no grupo até 1990, ano em que faleceu.

O personagem Zacarias era caracterizado pelo jeito infantil e ligeiramente afetado (embora sem conotação homossexual), pela peruca (Mauro Gonçalves era calvo) e pela risada característica. Mauro Gonçalves diz que "Zacarias" era o nome de um galo que ele tinha na infância, e desde pequeno o chamavam assim.

Seu personagem continua a ser o mais caricato de todos, marcado por seu dentes saltados e sua risada inconfundível, e pelo constante assédio à sua peruca (sempre alguém ou algo roubava sua peruca, a qual ele desesperadamente se esforçava para recuperar em meio a gritos e lamúrias).

Às vezes, Zacarias fazia o papel dele como criança, sempre levando ao pé da letra as instruções de sua mãe e de outros adultos.

Falecimento
Mauro morreu de embolia pulmonar, decorrente da AIDS em 1990, no Rio de Janeiro de lá seu corpo foi embalsamado e levado para Sete Lagoas onde foi sepultado. Seu falecimento chocou muitas crianças, já que na época ele estava em plena atividade.

Após o seu falecimento, em um processo movido em 1998, os familiares do humorista reivindicam uma indenização à Rede Globo, referente ao pagamento dos direitos autorais do artista pelas retransmissões do programa Os Trapalhões, entre 1989 e 1998. Segundo o processo, no caso de reapresentação do programa, está claro no contrato que o artista teria de receber da Globo 10% do que lhe foi pago pelo mesmo tempo de trabalho. Até 2008, o processo estava inconcluso.

Filmografia
Solo
1977 - Deu a Louca nas Mulheres
1973 - O Fraco do Sexo Forte
1971 - Tô na Tua, Ô Bicho

Zacarias ainda se afastou dos Trapalhões na decada de 80, junto com Manfried Santana (Dedé) e Calos Antonio (Mussum), poís Renato Aragão (didi) dono da marca trapalhões recebia 80% da renda do nome do programa, 6 meses de nogociações depois todos voltaram dividindo para os 3 50% dos lucros do programa e didi com 50 % só para ele.

Mauro era dos trapalhões o unico ator de verdade, os outros eram de circo ou do samba no caso do mussum, a verdade é que sem Zacarias os trapalhões não seria o mesmo, o mais velho e um dos melhores comediantes do Brasil deixa saudades até hoje

Zacarias
Comediante Nota: 10,00





On February 12 2008 148 Views



Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1989 - Os Trapalhões na Terra dos Monstros (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1990 - Uma Escola Atrapalhada (B), dirigido por Del Rangel
1990 - O Mistério de Robin Hood (B) (D), dirigido por José Alvarenga Júnior
1991 - Os Trapalhões e a Árvore da Juventude (B), dirigido por José Alvarenga Júnior


Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1981 - O Mundo Mágico dos Trapalhões (B), dirigido por Sílvio Tendler
1981 - Os Saltimbancos Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1982 - Os Vagabundos Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1982 - Os Trapalhões na Serra Pelada (B), dirigido por J.B. Tanko
1983 - O Cangaceiro Trapalhão (B), dirigido por Daniel Filho
1983 - O Trapalhão na Arca de Noé (B), dirigido por Del Rangel
1983 - Atrapalhando a Suate (C), dirigido por Victor Lustosa e Dedé Santana
1984 - Os Trapalhões e o Mágico de Oroz (B), dirigido por Victor Lustosa e Dedé Santana
1984 - A Filha dos Trapalhões (B), dirigido por Dedé Santana
1985 - Os Trapalhões no Reino da Fantasia (B), dirigido por Dedé Santana
1986 - Os Trapalhões no Rabo do Cometa (B), dirigido por Dedé Santana
1986 - Os Trapalhões e o Rei do Futebol (B), dirigido por Carlos Manga
1987 - Os Trapalhões no Auto da Compadecida (B), dirigido por Roberto Farias
1987 - Os Fantasmas Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1988 - Os Heróis Trapalhões - Uma Aventura na Selva (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1988 - O Casamento dos Trapalhões (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1989 - A Princesa Xuxa e os Trapalhões (B) (D), dirigido por José Alvarenga Júnior


Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1965 - Na Onda do Iê-Iê-Iê (A), dirigido por Aurélio Teixeira
1966 - Adorável Trapalhão (A), dirigido por J.B. Tanko
1967 - Dois na Lona (A), dirigido por Carlos Alberto de Souza Barros
1968 - A Ilha dos Paqueras (A), dirigido por Fauzi Mansur
1969 - Bonga, o Vagabundo (A), dirigido por Victor Lima
1972 - Ali Babá e os 40 ladrões (A), dirigido por Victor Lima
1973 - Aladim e a Lâmpada Maravilhosa (A), dirigido por J.B. Tanko
1973 - Robin Hood, o Trapalhão da Floresta (A), dirigido por J.B. Tanko
1974 - O Trapalhão na Ilha do Tesouro (A), dirigido por J.B. Tanko
1975 - Simbad, o Marujo Trapalhão (A), dirigido por J.B. Tanko
1976 - O Trapalhão no Planalto dos Macacos (A), dirigido por J.B. Tanko
1977 - O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão (A), dirigido por J.B. Tanko
1978 - Os Trapalhões na Guerra dos Planetas (B), dirigido por Adriano Stuart
1979 - O Cinderelo Trapalhão (B), dirigido por Adriano Stuart
1979 - O Rei e os Trapalhões (B), dirigido por Adriano Stuart
1980 - Os Três Mosqueteiros Trapalhões (B), dirigido por Adriano Stuart
1980 - O Incrível Monstro Trapalhão (B), dirigido por Adriano Stuart





Tag - Fairy-tail
Loading ...