Estimados miembros, os informamos que Fotolog estará inaccesible de forma permanente en las próximas semanas.
El objetivo de esta comunicación es que podáis recuperar todos vuestros datos e informaciones lo antes posible, y en cualquier caso antes del 20 de Febrero del 2016.
Esperamos que podáis continuar con vuestros blogs y compartir vuestras fotos en otras plataformas.
Por favor, haced circular esta información a todos los demás miembros de la comunidad.

Dear members, the Fotolog platform could be permanently unavailable in the upcoming weeks.
We wanted to inform you of this matter, as hosting provider, so you can retrieve your data as quickly as possible and in any event before February the 20th of 2016.
We hope you can continue your blogs and your photos sharing on other platforms.
Do not hesitate to share this information with all other members of the community.

Chers membres, les services Fotolog risquent d'être définitivement inaccessibles dans les semaines à venir.
Nous souhaitions vous en informer, en notre qualité d’hébergeur, afin que vous puissiez récupérer vos données au plus vite et en tout état de cause avant le 20 février 2016.
En espérant que vous pourrez continuer vos blogs et vos partages de photos sur d'autres plateformes.
Pensez également à faire circuler cette information auprès de tous les autres membres de la communauté.

 

Avatar cinelvernek

Zacarias

Mauro Faccio Gonçalves, conhecido popularmente como Zacarias (Sete Lagoas, MG, 18 de janeiro de 1934 — Rio de Janeiro, 18 de março de 1990) foi um humorista brasileiro. Ficou conhecido do grande público pelo seu trabalho no grupo Os Trapalhões.

Desde pequeno, gostava de música e de teatro. Na juventude pensou em ser arquiteto, mas dificuldades financeiras o impediram de iniciar o curso. Seu primeiro emprego foi numa fabrica de café, onde seu pai já trabalhava.

Para não ficar parado nas horas vagas, Mauro começou a trabalhar no rádio, num programa humorístico chamado "Em Babozal Era Assim". Através do humor, logo tornou-se conhecido por uma característica marcante: a incrível habilidade de trocar de vozes, criando vários tipos completamente diferentes, e imitar animais com rara perfeição. Logo veio o reconhecimento: já conhecido como Zacarias, Mauro Gonçalves foi considerado o melhor comediante do rádio de 1960 a 1963 em Belo Horizonte.

Apesar da timidez - que inicialmente o impedia de trabalhar na televisão - Mauro estreou em um programa de calouros na TV Excelsior, em 1963, onde criou 5 tipos diferentes, com enorme sucesso. Mais tarde foi para a TV Tupi, onde finalmente encontrou "Os Trapalhões": Didi, Dedé e Mussum, completando assim a formação do quarteto em 1975. Além do personagem Zacarias, Mauro Gonçalves também era a voz que interagia com o personagem Aparício, interpretado por Renato Aragão. Além dos sucessos com o "Os Trapalhões" Mauro fez um filme com Roberto Machado, "Deu A Louca Nas Mulheres". Em 1970, foi premiado pela sua interpretação na peça "A Dama do Camarote". Permaneceu no grupo até 1990, ano em que faleceu.

O personagem Zacarias era caracterizado pelo jeito infantil e ligeiramente afetado (embora sem conotação homossexual), pela peruca (Mauro Gonçalves era calvo) e pela risada característica. Mauro Gonçalves diz que "Zacarias" era o nome de um galo que ele tinha na infância, e desde pequeno o chamavam assim.

Seu personagem continua a ser o mais caricato de todos, marcado por seu dentes saltados e sua risada inconfundível, e pelo constante assédio à sua peruca (sempre alguém ou algo roubava sua peruca, a qual ele desesperadamente se esforçava para recuperar em meio a gritos e lamúrias).

Às vezes, Zacarias fazia o papel dele como criança, sempre levando ao pé da letra as instruções de sua mãe e de outros adultos.

Falecimento
Mauro morreu de embolia pulmonar, decorrente da AIDS em 1990, no Rio de Janeiro de lá seu corpo foi embalsamado e levado para Sete Lagoas onde foi sepultado. Seu falecimento chocou muitas crianças, já que na época ele estava em plena atividade.

Após o seu falecimento, em um processo movido em 1998, os familiares do humorista reivindicam uma indenização à Rede Globo, referente ao pagamento dos direitos autorais do artista pelas retransmissões do programa Os Trapalhões, entre 1989 e 1998. Segundo o processo, no caso de reapresentação do programa, está claro no contrato que o artista teria de receber da Globo 10% do que lhe foi pago pelo mesmo tempo de trabalho. Até 2008, o processo estava inconcluso.

Filmografia
Solo
1977 - Deu a Louca nas Mulheres
1973 - O Fraco do Sexo Forte
1971 - Tô na Tua, Ô Bicho

Zacarias ainda se afastou dos Trapalhões na decada de 80, junto com Manfried Santana (Dedé) e Calos Antonio (Mussum), poís Renato Aragão (didi) dono da marca trapalhões recebia 80% da renda do nome do programa, 6 meses de nogociações depois todos voltaram dividindo para os 3 50% dos lucros do programa e didi com 50 % só para ele.

Mauro era dos trapalhões o unico ator de verdade, os outros eram de circo ou do samba no caso do mussum, a verdade é que sem Zacarias os trapalhões não seria o mesmo, o mais velho e um dos melhores comediantes do Brasil deixa saudades até hoje

Zacarias
Comediante Nota: 10,00





On February 12 2008 172 Views



Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1989 - Os Trapalhões na Terra dos Monstros (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1990 - Uma Escola Atrapalhada (B), dirigido por Del Rangel
1990 - O Mistério de Robin Hood (B) (D), dirigido por José Alvarenga Júnior
1991 - Os Trapalhões e a Árvore da Juventude (B), dirigido por José Alvarenga Júnior


Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1981 - O Mundo Mágico dos Trapalhões (B), dirigido por Sílvio Tendler
1981 - Os Saltimbancos Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1982 - Os Vagabundos Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1982 - Os Trapalhões na Serra Pelada (B), dirigido por J.B. Tanko
1983 - O Cangaceiro Trapalhão (B), dirigido por Daniel Filho
1983 - O Trapalhão na Arca de Noé (B), dirigido por Del Rangel
1983 - Atrapalhando a Suate (C), dirigido por Victor Lustosa e Dedé Santana
1984 - Os Trapalhões e o Mágico de Oroz (B), dirigido por Victor Lustosa e Dedé Santana
1984 - A Filha dos Trapalhões (B), dirigido por Dedé Santana
1985 - Os Trapalhões no Reino da Fantasia (B), dirigido por Dedé Santana
1986 - Os Trapalhões no Rabo do Cometa (B), dirigido por Dedé Santana
1986 - Os Trapalhões e o Rei do Futebol (B), dirigido por Carlos Manga
1987 - Os Trapalhões no Auto da Compadecida (B), dirigido por Roberto Farias
1987 - Os Fantasmas Trapalhões (B), dirigido por J.B. Tanko
1988 - Os Heróis Trapalhões - Uma Aventura na Selva (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1988 - O Casamento dos Trapalhões (B), dirigido por José Alvarenga Júnior
1989 - A Princesa Xuxa e os Trapalhões (B) (D), dirigido por José Alvarenga Júnior


Avatar cinelvernek

Cinelvernek On 12/02/2008

1965 - Na Onda do Iê-Iê-Iê (A), dirigido por Aurélio Teixeira
1966 - Adorável Trapalhão (A), dirigido por J.B. Tanko
1967 - Dois na Lona (A), dirigido por Carlos Alberto de Souza Barros
1968 - A Ilha dos Paqueras (A), dirigido por Fauzi Mansur
1969 - Bonga, o Vagabundo (A), dirigido por Victor Lima
1972 - Ali Babá e os 40 ladrões (A), dirigido por Victor Lima
1973 - Aladim e a Lâmpada Maravilhosa (A), dirigido por J.B. Tanko
1973 - Robin Hood, o Trapalhão da Floresta (A), dirigido por J.B. Tanko
1974 - O Trapalhão na Ilha do Tesouro (A), dirigido por J.B. Tanko
1975 - Simbad, o Marujo Trapalhão (A), dirigido por J.B. Tanko
1976 - O Trapalhão no Planalto dos Macacos (A), dirigido por J.B. Tanko
1977 - O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão (A), dirigido por J.B. Tanko
1978 - Os Trapalhões na Guerra dos Planetas (B), dirigido por Adriano Stuart
1979 - O Cinderelo Trapalhão (B), dirigido por Adriano Stuart
1979 - O Rei e os Trapalhões (B), dirigido por Adriano Stuart
1980 - Os Três Mosqueteiros Trapalhões (B), dirigido por Adriano Stuart
1980 - O Incrível Monstro Trapalhão (B), dirigido por Adriano Stuart






Tag - Graffiti
Loading ...