Avatar 7_flordemanaca

****


Pergunta-me

se ainda és o meu fogo

se acendes ainda

o minuto de cinza

se despertas

a ave magoada

que se queda

na árvore do meu sangue



Pergunta-me

se o vento não traz nada

se o vento tudo arrasta

se na quietude do lago

repousaram a fúria

e o tropel de mil cavalos



Pergunta-me

se te voltei a encontrar

de todas as vezes que me detive

junto das pontes enevoadas

e se eras tu

quem eu via


na infinita dispersão do meu ser
se eras tu
que reunias pedaços do meu poema
reconstruindo
a folha rasgada
na minha mão descrente



Qualquer coisa
pergunta-me qualquer coisa
uma tolice
um mistério indecifrável
simplesmente
para que eu saiba
que queres ainda saber
para que mesmo sem te responder
saibas o que te quero dizer


Mia Couto




****


amor encontro Mia Couto duvida interrogaçao

On October 18 2014 at Bahia, Brazil 61 Views



Avatar valdas

Valdas On 23/10/2014

Grande Mia Couto, um grande expoente do idioma luso.
Felizmente este moçambicano é de valor reconhecido e
isso, internacionalmente, não sô pelos luso falantes mas
por quem adora a bela escrita, a de sentimento universal
Gente de Letras, Homem com H bem Grande.
Uma boa pesquisa. Obrigado pelo momento
Tarde feliz


Avatar pseudokane3_5

Pseudokane3_5 On 19/10/2014

Te pergunto, então: és o vento?

Pois faz-me tão bem quanto o que é narrado nesta bela poesia...

Obrigado!

WPC>


Avatar icaraima

icaraima On 19/10/2014


**

Ultimamente estou conhecendo mais e mais Mia Couto

e estou encantando-me a cada livro. Atualmente, lendo A menina sem Palavras.

Já o leu, o que achaste?


**


Avatar temalgoamais

Temalgoamais On 18/10/2014

lindo poema!





Tag - Style
Loading ...